terça-feira, 14 de março de 2017

Imaginar, Criar e Viver - por Uiara Melo

Bom dia!!!

Para não deixar o desânimo chegar leiam mais um texto super bacana!!
Beijocas.
Não deixe de comentarrrrrrrrrrr!!!!

Imaginar, Cirar e Viver

Por Uiara Melo
Macaé, 17 de novembro 2016
Três dos mais variáveis itens necessários para um escritor são: Imaginar; Criar e Viver. Muitas das vezes um adulto com essas habilidades, pode ter sido uma criança feliz. As séries iniciais são de extrema importância para aguçar na criança o seu lado lúdico. Leitura, leitura e contação de história são bons aliados. “Na experiência lúdica, a criança, assim como o adulto, cultiva a fantasia, vivência a amizade e a solidariedade, traço fundamental para se desenvolver uma “cultura solidária” na sociedade brasileira atual” OLIVEIRA (apud BERNADES, 2005, p.46)*.
Quando permiti-me a escrever para o público infantil, fiquei com receio de como seria a receptividade dos pequenos ao lerem. Apesar da experiência com livros adultos, nesse eu tive que imaginar, criar e viver cada momento da escrita. Remeti-me ao meu EU infantil, tive que recuperar a Uiara criança que brincava de tudo e imaginava ao extremo.
Quando eu sentia dificuldade em desenvolver alguma parte do livro, eu contava com a ajuda da minha personagem principal, Marina.
Imaginar é poder pensar em algo fora da realidade, fora do senso comum.
Criar é trazer para o concreto aquilo que imaginou.
Viver é permitir-se, despir-se das preocupações de adulto e sorrir – alegrar o coração.
E assim surgiu o “Marina no faz de conta”. Um livro infantil, de doce leitura que aborda o desenvolvimento cognitivo (a maturação do pensamento, construção de ideias, a percepção do outro e a ludicidade), social (conviver em grupo, aceitar a opinião do outro, saber vencer e perder), afetivo (fortalecimento de laços sentimentais) e o corporal (noção espacial, coordenação motora grossa e fina etc).
Adultos, incentive as crianças a desenvolverem a criatividade, o lúdico em suas vidas, pois, serão adultos mais felizes e funcionários exemplares (essa é a expectativa).
uiarameloautora@gmail.com

*BERNARDES, E.L. Jogos e Brincadeiras: ontem e hoje. Cadernos de história da Educação, São Paulo, n.4, jan/dez 2005.

10 comentários:

  1. Uma coisa que eu admiro são escritores de livros infantis. Cada detalhe pensado, imaginação.... Acho que não seria capaz de algo tão mágico quanto isso. Parabéns por isso!

    Beijos da Nanáh!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nanáh, obrigada pela visita e comentário.
      Abraços,
      Uiara Melo.

      Excluir
  2. Como pedagoga só vi vantagens em "Marina no faz de conta"! Muito legal sua visão, e tem que ser isso mesmo, devemos desenvolver nas crianças esse tipo de senso! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada pela visita e comentário.
      Ah, sim fiz o livro pensando em todos os aspectos da infância, até porque também sou professora. Mas fora isso, fiz com amor e dedicação para ele.
      Abraços,
      Uiara Melo

      Excluir
  3. Oi, Uiara, parabéns! A leitura é extremamente importante para a imaginação de uma criança, falo pelo que fui pelo menos. Adorava criar histórias na minha cabeça, que tinha superpoderes, combatia inimigos invisíveis, coisas e tal.

    Bora ler, criançada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rob, que bom ter o seu comentário aqui também.
      Pois é temos que insistir e incentivar sempre.
      Abraços.
      Uiara Melo

      Excluir
  4. É bastante importante incentivar os mais novos a ler, é na infância que a maioria dos hábitos se forma :)
    Post bem legal <3 Admiro imenso os escritores infantis! A forma como conseguem transmitir tudo aquilo, todas as emoções e toda a história para as crianças é, sem dúvida, fantástica!

    Kiss,
    Mii
    Comic Life Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana, tudo bem.
      Sim, é um "Mundo Encantado" que quando entramos não queremos mais sair, apesar de já ter estado lá por um bom tempo antes.
      Obrigada pelo convite e comentário.
      Uiara Melo

      Excluir
  5. Olá!
    Gostei muito do seu post, principalmente porque admiro bastante os autores que escrevem para crianças pois sendo um publico bastante diferente e relativamente exigente (na medida em que, se nao gostam, admitem isso) é preciso bastante criatividade para conseguir chegar no ponto em que a criança vai realmente gostar e entender aquela história, não é?
    Beijos!

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bea obrigada pela visita.
      Sim, não é fácil, mas quando achamos a fórmula mágica, tudo fica mais fácil.
      Abraços,
      Uiara Melo

      Excluir