quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

VAMOS FALAR DA CASA DOS ANJOS - MACAÉ/RJ

Boa tarde, românticos e romancistas que acompanham o site. Hoje venho apresentar a vocês o quê é o projeto Casa dos Anjos - Macaé/RJ.

”Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem. Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.”
(São Francisco de Assis)



   Eu sabia da existência da CDA através de amigos, mas nunca tinha tido a oportunidade de saber mais sobre o assunto até 2014. Decidi acompanhar o perfil no Facebook, para saber se era algo sério o qual eu poderia contribuir. E depois de averiguar que sim, decidi fazer a minha primeira ação. Mobilizei os meus amigos do Facebook para que pudessem contribuir em ajuda a CDA. Consegui na época um valor significativo, o qual comprei rações para os peludos. Fiquei muito feliz e satisfeita comigo mesma. Deixei de ficar deitada no sofá vendo TV e fui ajudar a quem precisava, nessa mesma época ajudei a Casa do Idosos, depois não parei mais. E por muito ver as dificuldades que esses voluntários passam no dia-a-dia, eu com uma boa cidadã e pessoa, decidi que doaria uma parte dos meus direitos autorais da venda do meu livro Zafhira na Bienal Internacional do Rio 2015, e eu o fiz, como prometido. Depois disso, vieram outras ideias, fui me aproximando mais das voluntárias e com a minha pequena empresa, colaborei para o evento Domingo Transmitindo Amor que foi um sucesso!
   Existem certas coisas que não precisamos saber o porquê de estarmos fazendo, apenas devemos fazê-las. Não quero tirar vantagens, pois tudo gera uma consequência, então, quanto mais humildes e mais humanos formos, é melhor. Ao invés de ficar observando o avanço do vizinho, pense e faça como ele, levante cedo e vá à luta. Faça por onde, faça o bem sem esperar em troca, não tenhas vergonha de fazer a caridade. Sim, o projeto é sério, mas infelizmente muitos ainda não perceberam.



Um bate- papo com  Thaís Fagundes a idealizadora de toda essa ação do BEM.

UM- O quê te fez resgatar o primeiro animal?
TF- Amiga não lembro o primeiro animal que resgatei, mas acho que foi uma gata na sede campestre no bairro da Glória quando eu era criança. Ela ficou mais de 10 anos na família. 

UM- Em 2012 quais eram as suas expectativas para esse projeto?
TF- Eu não tinha projeto nenhum em mente! Eu pegava muitos cachorros de rua e gatos e botava em casa, em hotelzinho! Tava pagando quase mil de hotelzinho. Aí uma amiga minha estava alugando a casa dela, achei melhor alugar a casa e levar para lá do que ficar no hotelzinho. Então, comecei a pegar mais ainda, né.

UM- Você esperava essa grande repercussão do seu trabalho junto aos seus voluntários?
TF - Eu já esperava, porque eu sempre penso que tudo vai dar certo.

UM- A população os seguidores da página Casa dos Anjos no Facebook estão colaborando, participando ativamente?
TF- Estão participando sim, toda a ajuda que eu tenho são feitas por amigos do Facebook!

UM- Quais são as suas dificuldades hoje?
TF- A minha maior dificuldade é conseguir bons donos para os animais.

UM- Do quê vocês precisam para continuar com esse projeto por mais 10 anos?
TF- O que eu preciso é da conscientização da população.

UM- Quais são seus objetivos, sonhos para daqui 10 anos?

TF- Eu nunca sonhei em como será daqui 10 anos, ando me preocupando muito com o que está acontecendo agora.

UM- De onde vem a renda da Casa dos Anjo?
TF- A renda vem toda dos amigos do Facebook.

UM- Sabemos que animais abandonados são de responsabilidade do município e que muitos não entendem essa questão, pensam que é de obrigação da Casa dos Anjos resgatar todos e virar um depósito. O que você tem a dizer?
TF- Infelizmente o ser humano é assim! Gosta de passar os problemas para os outros e gosta de acusar sem conhecer! Mas isso já estamos acostumados porque afinal esses animais que estão comigo são frutos da ignorância humana.

UM- Deixe um recado para aqueles que querem ajudar ou para aqueles que ainda não entenderam o quê é o projeto de vocês.
TF- O recado que quero dar é pedir para sempre ajudar um animal em risco! Não esperar que alguém faça, se colocar no lugar do animal e salvar uma vida!


Então é isso queridos, essa postagem foi feita com muito cuidado, amor e carinho. Espero que muitos repensem nas suas atitudes com animais em todos os aspectos. Além da Casa dos Anjos eu também acompanho a Luisa Mel e Projeto 4Patinhas.

Não deixe para amanhã o quê você pode fazer hoje!
Antes de reclamar, verifique, investigue!

2 comentários:

  1. Olha meu nome é Fernanda, gostaria de saber se a casa dos anjos se aceitaria uma linda cachorra? É porque eu não tenho condições de fica com ela o nome dela é Leis, a dona dela esta longe e eu estou dando ração a ela mas eu não tenho condições mas de cuidar dela. Aí eu gostaria de saber se a casa dos anjos aceita ela? Eu não sei pra quem eu dou ela. Por favor me ajude...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda.
      Então entre em contato com eles. Pois só eles poderão te ajudar nesse caso.
      Abraços.
      Uiara Melo.

      Excluir