sábado, 26 de setembro de 2015

Book Trailer ZAFHIRA- Quando o amor acontece/ Uiara Melo

Boa noite!

 Olá românticos e romancistas. =)

 Apresento o book trailer do meu livro Zafhira. Não deixe de assistir,  pois garanto que irá gostar.
 Beijocas.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Book Trailer Sem Sombra- Será tudo verdade/Uiara Melo

Olá boa noite romancistas e românticos.

 Tem vídeo novo no meu vlog.
 Book Trailer livro Sem Sombra- Será tudo verdade?/Uiara Melo

sábado, 19 de setembro de 2015

Chamada de PRÉ-VENDA livro Sem Sombra- Uiara Melo

Boa tarde.

Opa, boa tarde!
Mal Zafhira - Quando o amor acontece ​ descansou já estou com novidades quentíssimas.
Vem aí o meu próximo romance Sem Sombra - Será Tudo Verdade?​ e já estou fazendo uma pesquisa de interesse. E se você tem interesse em adquiri o livro durante a pré-venda, é só curtir a página:
-> www.facebook.com/semsombrauiaramelo
Aguardo você!


terça-feira, 15 de setembro de 2015

Novidade!! Autor novo no Blogger Cristiano Gonçalves!!!

Boa noite!!

  Pessoas, hoje venho com novidade, tem autor novo no blogger. Vocês poderão saber mais detalhes na aba Autores.

  E aproveitando a oportunidade vou divulgar a sua participação na FLIG (Feira Literária da Ilha do Governador) no Rio de Janeiro, com palestra e noite de autógrafos dia 28/09 (segunda-feira), às 18hs. Não percam, vamos prestigiar!!

Seja bem-vindo Cristiano Gonçalves!!


domingo, 6 de setembro de 2015

Crônica - A PRIMEIRA VEZ NA BIENAL

Olá boa tarde.

     Interessante pensar que mesmo programando os passos a seguir, muitas coisas poderão ser alteradas devido a interferência das pessoas ao nosso redor. Não estou deslumbrada com essa nova fase e muito menos pretensiosa com as coisas, eu continuo sendo eu mesma, porém, com um pouco mais de limão, açúcar e tequila (rs). Daqui sete dias estarei completando trinta e três anos de vida. Idade de Cristo, algo que sugere ser cabalístico, muitas coisas boas se antecipando, e o que será que o universo prepara para mim no dia treze? Eu só quero ficar de boa em casa. Estamos na semana da Bienal do Rio 2015, me propus a esse desafio em participar como autora independente (se eu soubesse que seria tão árduo o caminho, talvez não tivesse começado com tudo isso), resumindo com a cara e a coragem. Sempre tive vontade de estar nesse ambiente, mas nunca houve oportunidade. Então, fui convidada a uma excursão e topei a ideia. Acordei as quatro da manhã para estar no ponto de encontro às cinco horas e trinta minutos, sendo abraçada por uma madrugada fria, chuvosa.  Não conhecia ninguém, quer dizer, para dizer que não conhecia ninguém, sim eu conhecia a pouco tempo duas passageiras. 
       Chegamos na Bienal e eu fiquei encantada, lógico, quem não ficaria? Agora sim, eu estava em outra realidade, que essa era povoada por um monte de seres mágicos, pessoas bacanas e páginas que não estavam mais em branco. Andei muito, tirei muitas fotos, registrei o momento. Conheci mais pessoas legais e autores também. Falando em autor, tive o prazer que conhecer e triar foto com o Maurício de Sousa aquele moço, que hoje já um senhor. pai da Mônica, sabe? E na fila de espera minutos antes, eu distribui alguns marca páginas do meu livro convidando as pessoas para me prestigiar no dia dez de setembro. Só que nesse momento conheci a Lizzie, seu filho e mais alguns fãs da literatura brasileira e internacional. Batemos um maior papo, inclusive, fiquei sabendo que o seu pequeno queria muito conhecer o Maurício e não tinha como, pois havia acabado as senhas, então automaticamente me propus a levá-lo comigo. Muitas expectativas, o Mauricio chegou, todos se aglomeraram ao redor da editora Girassol para vê-lo. Eu e o pequeno aguardávamos o nosso grande momento daquela tarde. Chegou a nossa vez, entramos tiramos fotos, Maurício autografou o meu livro e em um momento de êxtase deixamos o local. Fui agradecida com sinceridade, mas quem ganhou o presente foi eu por ter proporcionado o pequeno, aquele momento que ele já dava como perdido. Isso sem contar que antes do Maurício e ainda na fila, vendi um exemplar do meu livro na minha primeira Bienal. E por isso já fico muito contente. Não dá para ficar parado esperando o ônibus passar, é certo que tem que correr atrás daquilo que acredita, e eu acredito nas minhas histórias e no meu potencial.



quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Amor de Infância - UIARA MELO

Boa noite, texto novinho!!
Crédito: Clube do Livro, grupo "zapzap" que me deu inspiração para composição deste texto.
Amor de Infância
Uiara Melo
03/09//15
Entre prateleiras e vielas,
te encontrei.
Estava tão diferente desde
a última vez que tomamos sorvete.
Sorvete este, que no meu auge
cinquentenário, guardo comigo
o pequeno guardanapo.
Guardanapo este, que me foi dado
para limpar o granulado.
Granulado este, que estava perdido no canto dos meus lábios.
Ah! - um suspiro apaixonado.
Paixão, tema de um livro
na prateleira da Bienal do Rio.
Oh! - que susto levei,
quando em você esbarrei na fila do "hall".
Ah, eu sorri para ti e meu
coração fez "tim-tim".
O quê, quase não te reconheci?!
Nunca te esqueci desde
a primeira vez que te vi,
lá no meu jardim.

VEJO VOCÊS NA BIENAL
10/09 
17:00
PAVILHÃO VERDE, P20