terça-feira, 27 de dezembro de 2011


     I want to thank everyone who visited my blog this year 2011. And I can somehow have contributed to something significant in their lives. I hope you keep coming back and interact more with this humble person. I wish the year 201 is full of accomplishments for all of us. Hugs, Uiara.
                                                                          ***
    Quero agradecer a todos que visitaram o meu blog neste ano de 2011. E que eu possa de alguma forma ter contribuído para algo significante em suas vidas. Espero que voltem sempre e que interajam mais com esta humilde pessoa. Desejo que o ano de 2012 seja cheio de realizações para todos nós. Abraços, Uiara.

Enquanto há vida, ainda há esperança!

Feliz 2012


Coisas do FaceBook!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Viva Mamãe Oxum. Nossa Senhora da Conceição Aparecida!

"Ó Incomparável Senhora da Conceição Aparecida, Mãe de Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos Pecadores, Refúgio e Consolação dos Aflitos, livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos e a vosso Santíssimo Filho, meu Redentor e Querido Jesus Cristo. Virgem bendita dê proteção a mim e a minha família das doenças, da fome, assalto, raios e outros perigos que possam nos atingir. Soberana Senhora dirige-nos em todos os negócios Espirituais e Temporais. Livrai-nos das tentações do demônio para que trilhando o caminho da virtude, pelos merecimentos de vossa puríssima Virgindade e o preciosíssimo sangue de vosso Filho, vos possamos ver, amar, e gozar da eterna glória, por todos os séculos. Amém!"


 

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Então é Natal seguido pelo Ano Novo!!


A HISTÓRIA DO NATAL E A UMBANDA


     O Natal é uma data em que comemoramos o nascimento de Jesus Cristo. Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Jesus. Foi somente no século IV que o 25 de dezembro foi estabelecido como data oficial de comemoração. Na Roma Antiga, o 25 de dezembro era a data em que os romanos comemoravam o início do inverno. Portanto, acredita-se que haja uma relação deste fato com a oficialização da comemoração do Natal.



     As antigas comemorações de Natal costumavam durar até 12 dias, pois este foi o tempo que levou para os três reis Magos chegarem até a cidade de Belém e entregarem os presentes (ouro, mirra, e incenso) ao menino Jesus. Atualmente, as pessoas costumam montar as árvores e outras decorações natalinas no começo de dezembro e desmontá-las até 12 dias após o Natal. Do ponto de vista cronológico, o Natal é uma data de grande importância para o Ocidente, pois marca o ano 1 da nossa História.



A Árvore de Natal e o Presépio



     Em quase todos os países do mundo, as pessoas montam árvores de Natal para decorar casas e outros ambientes. Em conjunto com as decorações natalinas, as árvores proporcionam um clima especial nesse período. Acredita-se que esta tradição começou em 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Certa noite, enquanto caminhava pela floresta, Lutero ficou impressionado com a beleza dos pinheiros cobertos de neve. As estrelas do céu ajudaram a compor a imagem que Lutero reproduziu com galhos de árvore em sua casa. Além das estrelas, algodão e outros enfeites, ele utilizou velas acesas para mostrar aos seus familiares a bela cena que havia presenciado na floresta. 

     Esta tradição foi trazida para o continente americano por alguns alemães, que vieram morar na América durante o período colonial. No Brasil, país de maioria cristã, as árvores de Natal estão presentes em diversos lugares, pois, além de decorar, simbolizam alegria, paz e esperança.
     O presépio também representa uma importante decoração natalina. Ele mostra o cenário do nascimento de Jesus, ou seja, uma manjedoura, os animais, os reis Magos e os pais do menino. Esta tradição de montar presépios teve início com São Francisco de Assis, no século XIII. As músicas de Natal também fazem parte desta linda festa.

O Papai Noel: origem e tradição


     Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.
Foi transformado em santo pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele. A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.
     A roupa de Papai Noel
     Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast criou uma nova imagem para o bom velhinho. A roupa nas cores vermelha e branca, com cinto preto, criada por Nast foi apresentada na revista Harper’s Weeklys neste mesmo ano.
Em 1931, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espalhar a nova imagem do Papai Noel pelo mundo.
O ato de presentear 
     A primeira loja especializada em presentes de Natal foi fundada em Paris no ano de 1785, mas a troca de presentes já era um costume popular desde a Roma Antiga. Durante as festas da Saturnália, os romanos ofereciam estatuetas de deuses em argila, mármore, ouro ou prata, de acordo com suas posses. À medida que o império romano cresceu, a troca de presentes foi se tornando cada vez mais difundida e simbólica. 
     Os presentes de Natal, entretanto, foram uma idéia do papa Bonifácio, no século VII. No dia 25 de dezembro, terminada a missa, os sacerdotes benziam pães e os distribuíam ao povo. Este, no dia 6 de janeiro, dia dos reis Magos, retribuía com presentes.

O nome do Papai Noel em outros países:


Alemanha – Weihnachtsmann, o Homem do Natal
Argentina, Espanha, Colômbia, Paraguai e Uruguai – Papá Noel
Chile – Viejito Pascuero
Dinamarca – Julemanden
França – Père Noël
Itália – Babbo Natale
México / USA - Santa Claus
Holanda – Kerstman, Homem do Natal
Inglaterra – Father Christmas
Suécia – Jultomte
Rússia – Ded Moroz

     O Natal é uma das principais festas das religiões cristãs, mas algumas outras religiões ainda mantêm alguma relação com esta data, mesmo que de forma indireta. 


     Os espíritas devem lembrar que a data é propícia para as famílias que realizam reuniões de estudos do Evangelho no Lar, e que devem aproveitar a oportunidade de comemorar o Natal, sem os exageros conhecidos, com os demais familiares. Participar da vida social normalmente, até das brincadeiras de amigo secreto, do almoço confraternativo na empresa, porém tendo sempre em mente a condição espírita: o Natal é uma alusão ao nascimento do Cristo e em hipótese alguma os exageros devem fazer parte de suas vidas. 
    A umbanda encontrou um lugar para Cristo no rol de suas divindades – ele é associado a Oxalá, considerado o maior Orixá de todos. No dia 25 de dezembro, os umbandistas agradecem à entidade que, segundo a sua crença, comanda todas as forças da natureza. 
    Seja nas crenças cristãs, seja nos credos que não se apóiam na figura de Jesus, o sentido primeiro do Natal está, de certo modo, presente – na essência, todas as religiões celebram a esperança em um mundo constantemente renovado pelo exercício do amor. E mesmo que, ao longo dos séculos, o Natal tenha sido encarado por muitos como uma festa secular, a lembrança do bebê na manjedoura estará sempre viva: a luz que afasta, de vez, a escuridão.

domingo, 20 de novembro de 2011

Dia 20/11 dia da Consciência Negra


Parabéns a todos os afro-descendente assim como eu sou. Nunca poderemos deixar esse dia de Zumbi passar em branco depois de tantas batalhas e conquista que nos deram alegria e sofrimentos.

MEU GRITO - Oswaldo de Camargo


“Meu grito é estertor de um rio convulso...
Do Nilo, ah, do Nilo é o meu grito...
E o que me dói é fruto das raízes,
ai, cruas cicatrizes!,
das buscas florestas da terra africana!

Meu grito é um espasmo que me esmaga,
há um punhal vibrando em mim, rasgando
meu pobre coração que hesita
entre erguer ou calar a voz aflita:
Ó África! Ó África!

Meu grito é sem cor, é um grito seco,
é verdadeiro e triste...
Meu deus, porque é que existo sem mensagem,
a não ser essa voz que me constrange,
sem ecos, sem lineios, desabrida?
Senhor! Jesus! Cristo!
Porque é que grito?”

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Sexta - feira dia 11/11/2011 - Campanha MAKE A WISH

 

    Nossa uma coincidência dessa, acredito que só aconteça em 11/11/2111 e isso está muito, mas, muito longe mesmo, não é? Então vamos aproveitar essa oportunidade que é única, para fazermos uma corrente de pensamentos positivos para o avanço da humanidade. Escolha um lugar o qual você se sinta bem e mentalize coisas boas às 11:11 a.m.  Pois, se cada um fizer a sua parte com certeza teremos ótimas noticias e vibrações positivas.

  Faça a sua parte, que eu farei a minha. =)


sábado, 15 de outubro de 2011

Frases do meu outro "Eu"


"Ela: Eu não sei como duas pessoas tão diferentes podem se amar tanto..
Ele: Isso é fácil de se explicar... É por que eu sou o que falta para te completar...
Ela: Então me faça um favor... Nunca vá embora... porque sem você, eu não sou eu.
Ele: Nunca irei dar as costa para ti." (by URM)

"Eu não procuro a perfeição em ti... Somente peço que me faças sorrir... 
por que você me faz tão bem..." (by URM)



"Vê-lo assim distante, tu me pareces tão forte...
porém, ao nos envolvermos descobri que eu sou a sua fraquesa..." (by URM)

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Parabéns Mario de Carvalho!

    Bom, eu não poderia deixar passar em branco o dia de hoje. Recentemente entrevistei uma figura de pessoa, Mario de Carvalho, o qual postei aqui no meu blog toda a entrevista. O motivo desse post é de comemorar a data de hoje com esse simpático e criativo escritor brasileiro. Apesar de não possuir muitas obras publicadas eu o considero um ótimo escritor. Alguns meses atrás ele me perguntou se eu gostaria de ler uma de suas obras. Eu claro, respondi que sim, pois sou muito curiosa. Enfim, depois de muito enrolar com o meu parecer, posto hoje o meu olhar ou o meu entender dessa misteriosa e sedutora obra: MANSÃO OURO NEGRO.
Cover_front_medium

        No inicio eu pensei que a história não teria nem pé nem cabeça... fui induzida a consultar o próprio autor para sanar alguns questionamentos sobre a história. Fui lendo, lendo, e lendo. Algumas vezes devido ao corre-corre da vida tive que parar para reiniciar mais tarde a leitura. E cada vez que eu iniciava me deparava com informações novas, definitivamente essa é uma história que devemos prestar a atenção nos detalhes pois os fatos curtos são resolvidos rápidos, porém, o "fio de ouro" somente entenderemos no final. Vale muito apena investir algumas horas e momentos de nossas vidas para mergulhar nesta fantástica obra. Isso claro, se você gosta de ação, mistério, ficção e um bom romance está aqui uma ótima indicação. E não se engane se um passado mal resolvido interferir na vida de duas pessoas no presente. 

        Parabéns! Feliz aniversário.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Campanha: Fora DJ do BUZÚ!!


ESPALHE ESSA IDEIA!


DJ DO BUZÚ NUNCA MAIS!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

São Cosme e São Damião

   Que eles olhem por todos aqueles que necessitam de sua cura...


Cosme e Damião
Damião, cadê Doum
Doum está passeando
No cavalo de Ogum.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Meus notórios amigos do FaceBook, Part II !

     Olá, pessoal! O entrevistado dessa vez é o Mario de Carvalho um baiano morador de Ilhéus, muito simpático, inteligentíssimo e criativo. Espero que gostem da entrevista.

1- E ai, beleza? Nervoso?
 MC - Tudo tranqüilo. Nervoso? Por quê? Não, de forma alguma!

2- Nome de batismo (risos)?
   MC-  Mario Bonazza de Carvalho, não costumo usar o Bonazza, não gosto!

3- Vamos falar um pouco sobre o seu livro: Mansão Ouro Negro. A capa é maravilhosa, e acredito que a história também seja. Em que momento de sua vida você teve a idéia de escrever esse livro (ou qualquer outro)?
   MC- O Mansão Ouro Negro, foi escrito na primeira vez em forma de conto quando eu tinha 16 para 17 anos. Foi uma amiga minha que pediu que eu escrevesse uma história assustadora para um trabalho de escola. Em que eles iriam fazer um vídeo. O conto não tem muito a ver com o livro não, porque como eu era adolescente, os personagens eram todos basicamente na mesma faixa etária... Depois eu deixei de lado, mas sempre pensei que a história que eu tivesse criado era por demais interessantes. Em 2006 eu voltei a escrever os personagens que volta-meia pulavam na minha cabeça, como se quisesse novamente reaparecer, sabe a típica conversa de escritor? "Ah tive que dar vida aos personagens novamente!" Pois é, clichê, porém verdade. Até que quando eu acabei sonhando novamente com a história do meu conto. Eu não estava em uma fase boa da minha vida. Eu estava noivo na época, e falsamente feliz com isso. A pessoa que estava comigo, me assombrava de uma forma que até hoje eu não sei descrever. Enfim, boa parte da minha infelicidade real e uma foto foram os maiores motivos de eu criar a história que está no livro.

4- O nome, Mansão Ouro Negro, surgiu de onde?
    MC- Na verdade o livro tinha outro nome, se chamava Liliana, mas acabei não gostando, e como a pior parte da história se passa dentro de um hotel de mesmo nome, achei que esse seria mais cabível ao meu objetivo! 

5- Liliana por acaso seria a sua ex-noiva?
   MC- Não, embora ela seja tão assustadora quanto! Ahahahahaah!

6- Você manteve alguma regra durante todo o processo de criação? Você é uma pessoa disciplinada?
  MC- Disciplina, infelizmente não é uma palavra que eu tenha constante em meu vocabulário! E não obtinha nenhuma outra regra de constância para escrever, à vontade e o que queria sair da minha cabeça para as páginas é que ditavam quando eu podia, devia e queria escrever.

7- Os personagens são baseados em pessoas reais, então?
   MC- Não propriamente dito, muitas coisas que eu fui criando. Foram muito baseados com experiências minhas. Ou do que eu gostaria que acontecesse comigo. Quem já leu o livro, diz que há um personagem que se parece muito comigo. Mas, creio que isso não aconteça só comigo, muitos escritores criam personalidade, independente de suas personalidades, com base no que eles sabem, viram ou já viveram. Não tem como você se separar psicologicamente de um personagem que você mesmo cria, já que de certo modo eles são seus filhos. Eles sempre vão carregar um pouco de você. Mas não posso de fato afirmar que eles sejam baseados em pessoas reais.

8-Quando você finalizou o livro, o quê pensou?
  MC- Não foi uma coisa muito glamorosa como se lê. Toda vez que se pergunta isso a grandes escritores, aqueles que têm um nome conhecido que sempre dizem "Ah, pensei que naquele momento uma parte de mim estava completa!" ou "Fiquei muito orgulhoso de mim mesmo, pois foi um projeto muito importante na minha vida." Não, comigo não. Acho que eu pensei "Bom, agora eu posso ir ao banheiro..." (risos)

9- A história tem alguma mensagem subliminar?
  MC- Bom, se tem mensagem subliminar? Ahahaah, se um dia eu ficar famoso, vou deixar que os entusiastas literatos que o digam! Eles têm a mania idiota de achar coisas onde não existe. Provavelmente vão querer ficar filosofando sobre o que eu quis dizer em tal parágrafo ou outro! Sendo que para falar a verdade (e que fique registrado) que eu escrevi por pura diversão. 

10- O que podemos esperar do segundo livro, Medo do Escuro?
   MC- O que esperar? Bom, na verdade nem eu sei o que esperar na verdade de Medo do Escuro. Conforme eu vou escrevendo vou conhecendo mais a minha história e os meus personagens! Eu espero que saia uma coisa boa! Com certeza será um livro bem maior que Mansão Ouro Negro.

11-Ele irá seguir a mesma temática do primeiro?
  MC- Não. Medo do Escuro envolve um teor bem mais psicológico que o primeiro livro. 

12- Interessante, quem sabe não nos esbarramos em algum lançamento literário por aí? Mudando de assunto, além de escrever o que mais você gosta de fazer?
 MC- Seria ótimo! Bom, eu gosto de tomar conta do meu filhote, adoro fazer um bando de coisa inútil, computador é o meu vicio assim como o cigarro! Adoro assistir filmes, jogar um bando de coisa no computador! Comer também é uma coisa que eu adoro fazer, embora eu seja magricelo eu como feito um condenado! Cantar é uma paixão tão grande quanto tocar piano, só que piano eu abandonei!

13- Você postou à alguns dias no Face Book vídeos do seu Vlog - Sem o que Fazer . Quem foi que te inspirou a fazê-lo?
   MC- Ah sim, meu vlog, ta aí outra coisa que eu adoro fazer também! Bom, eu já era vlogueiro muito antes de existir um Pc Siqueira ou Felipe Neto, essa história de vlog no youtube é antiga, começou nos Estados Unidos e Canadá principalmente. Meu primeiro vlog era uma porcaria, era em Inglês e tem mais de quatro anos. Quem me inspirou para fazer o vlog foi um cara do Canadá  The Wine Kone e um amigo meu aqui do Brasil mesmo, João Rabelo que também tem um canal no youtube chamado 7erros.

14- A quanto tempo você vem fazendo isso? Além de você, quais são as outras pessoas envolvidas? 
    MC- Eu tenho feito meus vlogs do Sem O Que Fazer por uns três ou quatro meses mais ou menos! Ou mais, eu acho! Bom, os vídeos são feitos e editados inteiramente por mim, mas as participações nos vídeos têm sido com os meus colegas de faculdade, que adoram também perder os seus preciosos tempos com besteiras!! 

15-O fato de você não rebola em música Baiana, Axé ou Arrocha etc. Quer dizer que você não dança, nem um pouquinho? 
   MC- Ahahahahaah nem um pouquinho mesmo! Quando me fizeram, não me deram essa habilidade.

16- O que tu faz, no seu dia-a-dia? Como você se organiza para a elaboração de cada vídeo?
  MC- Bom, o meu dia é meio monótono, geralmente eu acordo as cinco, para chegar à faculdade as 7:30 (pego o ônibus das 6:45), daí a tarde eu dou aula, e volto para casa. Quando eu não tenho realmente nada para fazer, eu elaboro os meus vídeos, que também não tem um processo criativo. Eu geralmente penso num tema, sento e falo. Não escrevo roteiro. O que eu não gostar no vídeo eu vou e corto com a edição, escolhendo só mesmo o conteúdo que fica mais interessante, ou cenas que vão denegrir a minha imagem, como eu de Odangos e Gloss, camisa rosa e por aí vai...

17- Eu assisti alguns deles: Ônibus, Top 10 Comentários Infelizes, Sexo e a falta que ele não faz nas mulheres e MSN Menssenger? Eu achei muito bons, mesmo. De onde você tira tanta criatividade?
  MC- Creio que não seja nem uma questão de criatividade em si. Os vídeos que você mencionou, eu falei só de coisas que realmente ocorrem com cada um, quando é que você está quieta, no seu msn, deixa ele ligado esperando alguém interessante para conversar, e só vem inconveniente te encher os pacovas? Eu tinha que fazer um vídeo sobre isso. Como no ônibus com coisas que deixam as pessoas extremamente irritas, comentários infelizes que muita gente faz sobre a gente e vice-versa, são coisas que se a gente olhar para os lados vai ver em qualquer lugar. O do Sexo e a falta que ele não faz nas mulheres, fiz para uma amiga minha, pois ela simplesmente não sente falta, e isso me deixa indignado! 

18- Já pensou em ser ator?
  MC- Eu fiz teatro por uns quatro meses, mas desisti! Eu gosto realmente dessa coisa mais artística, mas sei o que pode realmente me render alguma coisa no mundo real e o que não pode.

19- Um lugar? Dia ou noite? Sol, Nublado ou Chuva? Uma pessoa? Um ano?
  MC- A Bahia!!!  Ambos, eu gosto de ambos mesmo! Eu gosto mais de dias chuvosos por incrível que pareça são mais românticos pra mim! Meu filho, e mais ninguém! 2011.

20- Agora seria o momento Vapt-vupt ou Ping-Pong, porém, farei diferente com você. Darei-lhe algumas palavras as quais você deverá formar uma única frase. E aí, consegue?
  MC- Vamos tentar!

21- As palavras são: Família, Amor, Saudade, Lar, Crescimento pessoal.
 MC- Por mais que se deixe um lar para trás, no meio de tanta bagagem ao lado de itens como a saudade, o mais importante, o amor de uma família, e é este o único instrumento que você usa para se tornar uma pessoa melhor, o amor familiar é o que molda você e o seu crescimento pessoal.

-> Bom Mario, eu poderia ficar aqui lhe fazendo várias perguntas, porém, você iria se irritar logo, logo. Então, para finalizar você quer deixar alguma mensagem clichê para os visitantes do Bolg? 
     MC- Sim : Eu não sei porque tem que cortar logo a entrevista! Quando o negócio tá ficando bom ela desiste!


Abaixo dois videos do Mario de Carvalho. =) 
 

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Meus notórios amigos do FaceBook, Part I !

    Olá pessoal esta semana tive a idéia de entrevistar os meus amigos do Face Book. Pois querendo ou não as pessoas sempre têm uma história pra contar, não é? Então, a partir de hoje vou postar essas entrevistas aqui.  E a primeira personalidade é a minha amigona Juliane Gbur, uma mulher de fibra, personalidade forte e linda.
1.       É aí Ju, tudo bem com você?
 JG - Hoje estou muito bem, pois é o dia do meu aniversário e tenho amigos incríveis pra comemorar comigo!

2.       Seu nome é Juliane Gbur, qual é a origem do Gbur?
 JG - Origem polonesa.

3.       Você recentemente disse que está sofrendo a crise dos 34, devido eu ter comentado no Face que eu não tinha sofrido a crise dos 27 mas que estaria sofrendo a dos 28. Então me diz o que você acha que poderia ter sido mudado na sua adolescência para ser bem sucedida em sua vida hoje?
 JG -  Eu queria ter aproveitado mais minha juventude e não ter casado e ter tido filhos muito nova. Acho que a idade que estou hoje seria a idade ideal pra eu começar a pensar nisso.

4.       Você acredita que viveu tudo que tinha que viver e hoje é o resultado de ontem, ou você acha que poderia viver muito mais para que o hoje seja o melhor resultado pra o amanha?
 JG -  Eu vivo o que semeei no passado. Por isso não posso reclamar muito embora eu pense que não está bom assim. Por isso batalho pra viver bem hoje pra ter uma vida mais tranqüila no futuro.

5.       Mudando de assunto, Selena Quintanilha Perez, o que ela representa para ti?
 JG - Eu amo a Selena. E vou amar pra sempre. Já fui uma fã ensandecida e hoje estou mais consciente do que sinto por ela. Posso dizer que a Selena é minha melhor amiga.

6.       Quando e como foi o seu primeiro contato com ela?
 JG - Foi em 1994 quando vi o clipe de Bidi Bidi Bom Bom no vídeo show.

7.       Eu sei que você hoje tem um site dedicado a ela, o qual eu acho um luxo e que foi através dele que nos conhecemos. Diz para mim o que te levou a construí-lo e levá-lo a um dos sites mais visitados deixando-o na primeira página de pesquisa do Google?
 JG - Eu estudei webdesign justamente pra construir aquele site. E ela merece tudo isso e muito mais. Eu nunca vou desistir de levar para quem não conhece a sua história.

8.       Sei que recentemente você foi fazer um Tour pelo Estados Unidos e visitou Corpus Christi. Há quanto tempo você vinha planejando esse sonho?
 JG - Desde 1998 quando me tornei uma verdadeira fã.

9.       E como foi, o que você sentiu ao chegar no Selena Etc.? Vê que realmente você estava lá?
 JG - Até hoje não acredito que visitei todos aqueles lugares. É muito surreal, eu sei que fui, mas às vezes me parece que tudo foi fruto da minha imaginação. Me entende?

10.   E o momento que você ficou de frente para o “santuário” no World War Memorial, o que você pensou?
 JG - Pensei no quanto eu gostaria de não estar lá, porque de verdade eu queria que ela estivesse viva.:(

11.   Você passou pelos pontos principais da vida da Selena, como a casa, Q Productions, Days Inn, Oliver Garden e etc... Como você fez para chegar a esses lugares? Quem foi com você?
 JG - Fui com minha prima Camila.

12.   Você sabe que realizou parcialmente o sonho de muitos fãs da Selena. Como você se sente em poder mostrar em fotos esses lugares hoje?
 JG - Me sinto muito orgulhosa, e adoro conversar sobre isso com os fãs.

13.   Uma pergunta que não quer calar, o que você pensou ou disse quando viu o Sr. Abraham Quintanilha na loja? Foi coincidência ou você havia ligado antes para saber se ele estaria lá?
 JG - Eu praticamente só chorei. Nos encontramos por coincidência e ele foi muito gentil comigo.

14.   E como ele é pessoalmente?
 JG - Ele é um senhor muito gentil e simpático e não se cansa de falar sobre a Sel. Ela é o orgulho máximo dele.

15.   Comeu tacos?
 JG - Sim, muitos.

16.   Você ficou quanto tempo lá? Tem vontade de voltar mais vezes?
 JG - Fiquei 7 dias em Corpus.

17.   Ultimamente muitos cantores estão regravando as musicas da Selena, o que você achou da nova versão da música Ya No cantada pela Dulce Maria?
 JG - Achei a versão da Dulce Maria um lixo, me desculpe a sinceridade.

18.   E por falar em regravação quais seriam as músicas da Selena que você gostaria de ouvir com outras interpretações?
 JG - Eu não gosto de ouvir outros cantores cantando as músicas dela. Porque não consigo gostar ... parece que não outra cantora como a Selena. Eu a amo demais, por isso.

Ping-Pong

Uma música?    
 JG - Angel - Aerosmith
Uma frase? 
 JG - Sem expectativas, sem decepções
Um lugar?
 JG - A casa da minha mãe
Um filme?
JG- Desejo e Reparação
Um livro?
JG -A cidade do Sol
O melhor momento em sua vida?
JG -  Sou cheia de melhores momentos. Não consigo definir somente um.
Sonhos? 
JG - Não acredito mais nos meus sonhos, e quando tenho tento esquecê-los pro meu próprio bem.
Thalia, Shakira ou Selena? Por quê?
JG - Selena, porque a amo demais.
Dia ou Noite?
JG - Noite
Se você tivesse a chance de ver a Selena novamente, estar frente a frente com ela, o que diria?  
JG - Agradeceria a ela por todos os amigos maravilhosos que fiz por meio desse amor incondicional que sinto por ela.

  

Bom galera espero que tenham gostado dessa entrevista. 
Se quer saber um pouco mais sobre a Selena veja esses site:

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Amy Winehouse!


   Amy Winehouse = Amy vinho da casa ou Amy vinho caseiro... digamos que a bebida já estava em seu sangue mesmo. Ela foi mais uma estrela que não aguentou o próprio brilho. Deus deu assas e ela vôo, porém não soube manter o voo... Encontrou o amor que lhe deu um bom sexo e uma ótima droga a qual a fez ficar viciada por ambos não conseguindo viver sem os dois. Era de se esperar? Creio que sim, porém não tão rápido assim. Mesmo não sendo fã de carteirinha eu fico triste com uma perda tão significante como essa. Onde estava esse amigo que ela tanto pediu na musica Rehab? Temos que falar dela, lembrar dela pois ela só foi uma garota que não viveu bem a sua vida, e que só fez mau a si mesma. 


quarta-feira, 8 de junho de 2011

Eduardo e Mônica - Feliz dia dos Namorados!!

 Okay, eu não tenho namorado por opções deles, quer dizer 90% deles e os outros 10% meus (rsrsrs)... mas, fiz este poste para comemorar junto com aqueles que estão enamorados.. :)

Campanha: 


Agora com vocês -> Eduardo e Mônica! 

terça-feira, 31 de maio de 2011

Mulher de Virgem




  É bem provável que você faça uma imagem de mulher delicada, frágil e virginal dessa mulher. Bom, não é bem assim. Na realidade, não é nada assim. As virginianas fazem coisas que nós nunca esperaríamos que elas fizessem. Não é que elas sejam imprevisíveis. Elas agem naturalmente, você é que enxerga errado.

É realmente de ficar de queixo caído com a capacidade das virginianas de ser absolutamente o oposto do que a sua aparência indica. Ela é capaz de enfrentar sozinha um mundo hostil, desbravar o último pedaço virgem da Amazônia e procurar pela última espécie de arara azul só para provar que elas ainda existem. Elas parecem porcelana, mas a espinha é de titânio.

   Eis o seguinte. A mulher de virgem tem uma visão clássica do amor. E ela é tão pura quanto as águas que nascem nos Alpes suíços. Portanto se os olhos dela enxergarem em você imperfeições que batalham com um amor sem falhas que ela acredita ter conhecido ontem, ela não vai hesitar em romper laços antigos. E quando a virginiana termina um relacionamento, o que é fatalmente doloroso, não vê porque amenizar seu corte cirúrgico com anestésicos. Dor dói, não importa o quanto. E o seu conceito de relacionamento é mais coerente e irredutível do que qualquer documento legal. Ela sabe ser mortalmente prática e  romântica, ao mesmo tempo.

Quando marcar um encontro com a sua amada virginiana, tome o cuidado de não se atrasar. Elas são as discipulas da organização, eficiencia e pontualidade. Não se atrase a menos que queira estragar as coisas. Elas não vão fazer estardalhaço e muito barulho. Mas as virginianas sabem ser beeeeem desagradáveis. Dou a solução: colha algo da natureza para presentea-la, admita o erro e não discuta mais. Você não pode vence-la. Espere. Espere. Espere. Pronto, ela está ótima de novo e nem importa quem venceu.


Treine em casa algumas palavras antes de lidar com virginianas que prezam por uma boa gramática. Não seje, nem menas e nada pra mim dizer. É fundamental. Esteja bem aprensentado, cabelo e barba no lugar, todo trabalhado na impecabilidade. O senso dela de limpeza e organização transita em todos os lugares, inclusive em você.


  Não a atormente apertando-a por ai, não fique de beijos demais, não faça espetáculos. Com a virginiana é devagar, graciosamente e com charme. Uma vez que você a tenha, elas serão fiéis assim como são leais a sua idéia de amor e relacionamento. Se ouvir de alguma virginiana que ela traiu alguém, é muito provável que tenha durado muito pouco e aconteceu apenas para ela provar algo para si mesma. Se elas cometem deslizes, sabem enconbri-lo com maestria.

  Mas apesar da meticulosidade aborrecida, da chatisse dos dias de chatisse e de seu poder de criticar sem medo, o que você faria sem essa virginiana, né verdade? Há algo de louvável em sua precisão e exigencias. Inegavelmente te faz alguém melhor. O jeito tímido e olhos convictos reservam uma inteligência encatadora impossível de resistir, principalmente depois que ela esboça um sorriso e, de repente, parece que ela não é nada mais que nada.


  Mas para alguém que ama esta espécie e, principalmente, sente a mão dela em sua própria vida... ela é tudo.

Sutilmente indispensável.


Estou certo?


Fonte: Facebook